segunda-feira, 1 de novembro de 2010

NÃO HÁ DEMOCRACIA NO BRASIL!


Não quero ser pessimista, desejo que o Brasil continue crescendo com a Dilma, mas algo é fato:

NÃO HÁ DEMOCRACIA NO BRASIL!

12 ANOS no poder, o mesmo partido, pra mim é quase FASCISMO!

PT NÃO É ESQUERDA, é só de nome, nesses 8 ANOS, mostrou que não foi nem sombra disso, não realizou nem apoiou nenhuma das reformas que nosso país tanto precisa (principalmente a agrária, tributária, política) e nem vai apoiar agora, não teremos igualdade social NUNCA (com o Serra também não teríamos a solução necessária e radical que precisamos, sei muito bem disso). Mas pra mim andamos pra trás, cuspimos na cara da democracia ao elegermos tantos petistas! Sobretudo Dilma, alguém que "caiu de pára-quedas" lá, ao contrário do Lula, homem digno, que contribuiu com nossa nação. Serra é infinitamente mais gestor e competente que ela. Contudo, isso poderia ser interpretado como minha mera opinião, e não a da maioria. MAS NÃO, quando vemos o PT ir contra projetos como o "Ficha Limpa" não é de se assustar, pois este que seria e é o primeiro passo para uma reforma política, no fundo só tem a prejudicar os grandes partidos que tomam conta do país, sobretudo agora o PT. ELES NUNCA FARÃO QUALQUER COISA QUE SEJA PARA UMA REFORMA POLÍTICA, pois isso seria dar um tiro no pé! O PT atual não olha o bem do povo, mas apenas como conseguir PODER, na verdade isso já vem de outros tempos, como quando eles apoiaram Maluf (do PDS, direita a favor do recém instinto Regime Militar) contra Tranquedo em 85.

Pode ser que você não saiba ao certo o que seja essa tal “reforma política”, são diversos pontos, entre eles o número de partidos, tempo de propaganda, voto facultativo, acabar com a co-eleição por sobra de votos (como recentemente o Tiririca elegeu mais 3 deputados com ele), punir de forma exemplar os “mensalões” da vida, em suma, ela é o que dará JUSTIÇA a eleição direta (modelo de eleição tão lutado para se implantar por figuras lendárias como Tranquedo Neves e Ulisses Guimarães, este último, diga-se de passagem propulsor da constituição de 88, cuja o PT votou contra pra variar), que hoje não passa de uma eleição para "inglês ver". A começar pelo tempo de TV, CUJO COMANDA E FAZ A ELEIÇÃO, este se basea na quantidade de parlamentares que um determinado partido tem, o que por sua vez gera essas "coligações" cada vez mais absurdas que vemos, para se unicamente conseguir mais tempo na TV e força “eleitoreira”. Com isso o interesse do povo passa LONGE e vemos os partidos poderosos se perpetuarem no poder, formando cada vez impérios maiores e mais alienatórios (sabemos que isso não é exclusividade do PT, que a propósito acaba de "dominar" a Câmara Federal e o Senado com a grande maioria, para quem não sabe isso significa praticamente um império de uma cabeça só, foi isso que fizemos ao votar, a nossa democracia está assim mais perto de uma MONARQUIA ou ARISTROCRACIA, no que diz respeito a esfera federal, o que não é nada bom para um povo tão diverso como o nosso).

O que temos agora é um "Domínio Vermelho"! Uma única cabeça pensante e que na prática decidirá tudo apenas segundo os seus interesses e não os do povo. Favorecer os pobres não passa de “promessas”. Para citar um exemplo entre muitos, a educação é um ponto que vivo atualmente na prática. Hoje, sem sombra de dúvida, os investimentos feitos nas Universidades Federais, tão propagados pelo PT como inclusão e ensino superior para todos, NÃO PASSA DE PROPAGANDA BARATA, não condiz com a verdade. Cerca de 80% dos alunos da UF são pessoas que tem renda familiar acima de R$ 3.500,00 ou já tem nível superior. Portanto, investir em tais locais é investimento na educação dos “RICOS”. Na outra mão, vemos escolas de ensino básico caindo os pedaços, e nada para mudar de fato é feito para elas, sabe por quê? Porque para eles, digo os governantes em geral, quem está ali não pode passar de serventes!
No caos que se encontra a educação hoje, o certo e justo seria COBRAR MENSALIDADES dos ricos para estudarem nas Universidades Federais, com a renda que geraria, o problema da educação estaria praticamente liquidado e ai então poderíamos ter a educação de graça para todos. Se o PT (partido que eu já tive grande simpatia) fosse esquerda como se fundamentou, faria algo semelhante para mudar a calamidade que nos encontramos, vendo pessoas que ganham salário mínimo tendo que pagar para estudar enquanto “filinhos de papai” estudam de graça. Antes que alguém rebata, PROUNI E FIES, no fundo não passam de “máscaras”; no caos que encontramos a educação atual, esses programas tem sim lugar, mas o que eles são na realidade é o governo perdendo dinheiro, pois com eles se paga a vaga de quem não pode pagar para estudar 2 VEZES, pois o lugar desses deveria ser nas UF.
Enfim pararei por aqui, poderia dizer muito mais, mas não quero me prolongar mais. Portanto, terminarei falando das pesquisas (cujas são quase uma afronta ao voto secreto). Hoje, elas não são liberdades de expressão e/ou comunicação, são fortes FATORES DE ALIENAÇÃO. Pois são muitos os que votam como se estivessem diante te uma corrida de cavalos, não é raro ouvirmos, “não voto nele, pois não vai ganhar mesmo”, ou pior ainda, “vou votar nele por que vai ganhar”. É o fim!